Brasília - O vice-presidente, Michel Temer, fala à imprensa ao deixar seu gabinete no Palácio do Planalto (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Brasília - O vice-presidente, Michel Temer, fala à imprensa ao deixar seu gabinete no Palácio do Planalto (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

DESAPROVAÇÃO DO GOVERNO TEMER EM MINAS GERAIS CHEGA A 77,9%

Levantamento do Instituto Paraná revelou que a desaprovação ao governo do presidente da República, Michel Temer, é de 77,9% em Minas Gerais. A aprovação do peemedebista é de 18,5% e 3,6% dos entrevistados não quiseram ou não souberam opinar.

Com relação à antecessora, Dilma Rousseff, 36,4% dos eleitores mineiros acreditam que a situação continua a mesma, enquanto 22,8% acham que o governo Temer é melhor do que foi o da petista cassada e 39,2% acreditam que está pior.

Eleições 2018

O levantamento simulou três cenários. No primeiro deles, o ex-presidente Lula (PT) lidera com 23,2% contra 18,4% do senador Aécio Neves (PSDB-MG), seguido de perto pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) com 16%. Marina Silva (Rede) aparece em quarto com 11%, seguida pelo ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa (8,1%). Ciro Gomes (PDT), o presidente Michel Temer (PMDB) e o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) encerram a lista com 2,9%, 2,3% e 1,7%, respectivamente. Para 10,7% dos entrevistados, nenhum dos candidatos serve para assumir a Presidência da República e 5,6% não souberam ou não quiseram opinar.

O segundo cenário traz o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, como candidato pelo PSDB no lugar de Aécio. Nesse caso, Lula lidera com 24% seguido por Bolsonaro (16,4%), Marina (13,4%), Alckmin (8,9%), Barbosa (8,4%), Ciro (3,2%), Temer (2,9%) e Caiado (1,8%). Outros 14,6% disseram que não votariam em nenhum dos candidatos e 6,4% não quiseram ou não souberam opinar.

No terceiro, o candidato do PSDB é o prefeito de São Paulo, João Dória Jr.. Nessas condições, Lula aparece em primeiro com 23,9%, seguido por Bolsonaro (15,5%), Marina (14%), Dória (9,9%), Barbosa (7,8%), Ciro (3,4%), Temer (3,2%) e Caiado (1,4%). Para 14,4%, nenhum dos candidatos é digno de voto e 6,5% não souberam ou não quiseram opinar.

O Instituto Paraná ouviu 2.015 eleitores em 88 municípios mineiros entre os dias 31 de março e 5 de abril com acompanhamento simultâneo de 20% das entrevistas. O grau de confiança do levantamento é de 95% e a margem de erro é de 2,5% para mais ou menos.

diariodopoder

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com