0abeb135-7247-4714-91f8-f18ca6dacbad

Delegado Geral designa comissão do DEIC para investigar morte de Jaciara

Após o achado de corpo de Jaciara Nicácio, na manhã deste domingo (02) que estava desaparecida há dias em Coruripe, a Secretaria de Segurança Pública confirmou atenção especial para investigação do crime. Uma comissão especial de delegados será composta para acompanhar as investigações.

Assim que começaram as investigações no local do crime, o delegadp geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira enviou uma equipe da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic). “A Deic já estava no caso, mas amanhã irei sentar e definir uma comissão de delegados específicos para o caso”, assegura Cerqueira.

 

A comissão será oficializada nesta segunda-feira, através de portaria, mas já se sabe que três delegados irão compor a equipe de investigação: Guilherme Lusten, Filipe Caldas e Vinícius Ferrari.

Quem também irá acompanhar o caso de perto é secretário de Segurança Pública, Coronel Lima Junior.“Podemos definir o caso como uma barbárie. Como em todos os outros, iremos nos empenhar e mostrar o resultado identificando os responsáveis e levando a prisão. A Polícia Civil terá mais de um delegado no caso é a partir de amanhã começarão os maiores levantamentos e depoimentos serão colhidos. O que podemos afirmar é que não ficará impune”, declara Lima Junior.

O CASO

Acabou de forma trágica a busca da família por notícias de Jaciara Nicácio, 31 anos, desaparecida desde a última quinta-feira na cidade de Coruripe. Na manhã deste domingo (02) o corpo foi encontrado na Lagoa do Pau, litoral sul, com marcas de tiro e algumas partes     queimadas.

Testemunhas encontraram um corpo em um local afastado do povoado da Lagoa do Pau, que pertence a cidade de Coruripe. Polícia Militar e Instituto de Criminalística já estão no local para iniciar os trabalhos de investigação.

Mesmo sem adiantar detalhes, era possível notar que o corpo já estava em avançado estado de decomposição, apresentava estar queimado, principalmente na parte da cabeça e apresentava algumas perfurações, características de disparos de arma de fogo.

Jaciara Nicácio tinha 31 anos e estava desaparecida desde a última quinta-feira, quando deixou o trabalho, um correspondente bancário que emprestava dinheiro em regime de consignação, por volta das 17h30.

Desde então, não mais apareceu. A família realizou campanhas na cidade, nas redes sociais e mobilizou as forças policiais para que as buscas fossem realizadas. Encontrada morta neste domingo, Jaciara era solteira e deixou duas filhas, uma de 4 e outra de 12 anos.

cadaminuto

 

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com