size_810_16_9_michel-temer

Temer diz no Twitter que mulheres devem ter direitos iguais em casa e no trabalho

O presidente Michel Temer escreveu nesta quinta-feira (9) no Twitter que as mulheres devem ter direitos iguais em casa e no trabalho. Ele disse ainda que o governo “fará de tudo” para que as mulheres tenham mais espaço na sociedade.

As mensagens foram postadas após repercussão negativa de um discurso de Temer nesta quarta (8), em que ele fez referência ao dia internacional da mulher. Na ocasião, o presidente disse que somente a mulher é capaz de indicar “desajustes” de preços no supermercado.

Na rede social, o presidente ressaltou que não se pode tolerar preconceito contra a mulher.

“Estamos na Semana da Mulher. Meu governo fará de tudo para que mulheres ocupem cada vez mais espaço na sociedade”, afirmou Temer.

“Que as mulheres tenham direitos iguais em casa e no trabalho. Não vamos tolerar preconceito e violência contra a mulher”, completou.

 Discurso no dia da mulher

Temer falou sobre o dia da mulher em um evento no Palácio do Planalto, na tarde de quarta-feira (8), no qual o governo anunciou medidas para humanizar o parto normal e reduzir intervenções consideradas desnecessárias.

Ao citar a participação feminina em movimentos sociais e no Congresso Nacional, Temer afirmou que as mulheres deram ao longo do tempo “colaboração extraordinária” ao Brasil. Foi, então, que ele disse que na economia a mulher também tem “grande participação”, porque “ninguém mais é capaz de indicar os desajustes de preços no supermercado do que a mulher.”

Para o presidente “ninguém é capaz de melhor detectar as eventuais flutuações econômicas que a mulher, pelo orçamento doméstico maior ou menor”.

Em outro trecho, Temer também disse: “Aqui no Brasil e ainda em outras partes do mundo, a mulher ainda é tratada como se fosse uma figura de segundo grau, quando na verdade ela ocupa o primeiro grau em todas as sociedades.”

Acompanhado da primeira-dama, Marcela Temer, o presidente também afirmou no evento desta quarta no Planalto que, se a sociedade “vai bem”, é porque as pessoas tiveram uma formação adequada em casa, e “isto quem faz não é o homem, quem faz é a mulher”.
Fonte: G1

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com