24-350x232

Menor de 14 anos confessa ter matado irmã por ciúme

O menor de 14 anos, detido ontem como suspeito no assassinato da irmã, Thaís da Silva, de 10 anos, confessou o crime, nesta sexta-feira, 3.  O garoto, que estava detido na Unidade de Internação de Menores, foi vítima de um atentado por parte dos internos que dividiam a cela. Acionada, a Polícia encaminhou os envolvidos para fazer boletim de ocorrência e depois ao Instituto de Medicina Legal (IML), onde o garoto será submetido a exame de corpo de delito.

Em entrevista à Rádio Pajuçara FM, o garoto confessou ter assassinado a irmã, no entanto, negou ter abusado sexualmente da menina. Ele contou que ontem estava se sentindo triste e confessou que inventou a história da invasão à residência. Disse ainda que estava tendo alucinações e que via a menina com o rosto desfigurado.

ReproduçãoMenor confessa ter matado a irmã de 10 anos no Village Campestre

Menor confessa ter matado a irmã de 10 anos no Village Campestre

Durante a entrevista, o garoto disse que não usava drogas e que já chegou a tomar medicamento para dormir. “Tem tempo que eu parei de tomar medicamento”, comentou. Questionado sobre o motivo que o levou a cometer o crime, ele disse que foi por ciúmes da irmã. “Ela tinha pai e mãe juntos e eu não. Tenho pai e minha mãe não mora comigo. Fiquei triste porque meu pai não deixou eu passar o Carnaval com minha mãe” justificou.

Ele também respondeu que procurou o Conselho Tutelar de Bebedouro porque achou que era o correto a fazer. Mas não deu certeza de que a intenção inicial era se entregar.

Tentativa de Homicídio

Os menores de 16 e 17 anos que tentaram assassinar o irmão de Thaís da Silva, na Unidade de Internação de Menores, disseram que ele teve sorte de escapar com vida. A intenção era mata-lo, depois de uma sessão de tortura. “Ele falou que estuprou e matou a irmã e tarado tem que morrer mesmo. Ele tá ligado no que a gente fez com ele”, disseram os menores na chegada ao IML.

Depois do exame de corpo de delito, o acusado de matar a irmã e os dois menores citados seguiram para a Delegacia do 2º DP, na Jatiúca. O menor de 14 anos deverá ficar em uma cela isolada para evitar novas tentativas de assassinato.

alagoas24horas

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com