12823284_1103237759768388_6464409059729188172_o

Escola Douglas Apratto um destino que poderia ser bem diferente e mais bonito

Construída e fundada com muito amor e carinho na década de 80 pelo então Prefeito  de Penedo Tancredo Pereira, diga-se de passagem um dos maiores gestores municipais da história dessa cidade e o maior construtor de escolas públicas do município, a Escola Douglas Apratto Tenório vive um grande dilema e um momento crítico na sua bonita história educacional e esportiva, já que foi várias vezes campeã dos nossos jogos da primavera.

O que fizeram com essa escola que era a única ainda existente na comunidade do Barro vermelho?  Apenas destruíram, um sonho acalentado a mais de 20 anos que era crescer em sua estrutura física com um gestor com vontade política de fazer o que pede o senso administrativo priorizar a educação. Não! fizeram o contrário, acharam por bem apagar uma história bonita de  uma escola e relegá-la  a segundo ou a  terceiro plano transferindo os alunos para o prédio da Escola Rute Mendonça(  Caic), que não tá la bem das pernas tá sucateado nunca sofreu uma reforma desde da sua entrega pelo o então Presidente Fernando Collor, e a pouco tempo teve o teto do seu ginásio desabando  a prova é tanto que o governo do Estado vai reformá-lo.

Se alega, que a Escola Douglas leva perigo aos alunos devido a sua fraca estrutura física. Que a Escola foi construída  a beira do rio, mas que a gente recorde nunca vimos qualquer tipo de acidente maior com a escola Douglas todo esse tempo de construção. Só para lembrar, a  Escola de Pesca Freitas Cavalcanti foi construída também praticamente na Beira do rio e não destruíram ela!  Pelo contrário, foi transformada em uma faculdade com toda estrutura! Porque esse projeto de reforma da escola, proposto pelo Ex.Prefeito Israel Saldanha não poderia dá certo? Um projeto, tão bonito como todos ver na foto!  É só querer colocar pra frente, e atender a população com uma escola digna e á altura  dos  moradores do Barro Santo Antonio(Barro Vermelho). Vamos respeitar a História política de Tancredo Pereira, pelo menos isso!

Geraldo José

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com