DF - SENADO/IMPEACHMENT - POLÍTICA - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), durante sessão no   plenário que vota o pedido de instauração do processo de impeachment da   presidente Dilma Rousseff, na manhã desta quarta-feira, 11, em Brasília.   11/05/2016 - Foto: RICARDO BOTELHO/BRAZIL PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
DF - SENADO/IMPEACHMENT - POLÍTICA - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), durante sessão no plenário que vota o pedido de instauração do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, na manhã desta quarta-feira, 11, em Brasília. 11/05/2016 - Foto: RICARDO BOTELHO/BRAZIL PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Renan bate recorde e já é alvo de nove investigações na Lava Jato

Com a decisão do ministro Edson Fachin de autorizar a abertura de inquérito, o senador Renan Calheiros atinge um total de nove investigações. Desta vez, além dele, serão investigados também o senador Romero Jucá, o ex-senador José Sarney e o ex-diretor da Transpetro, Sérgio Machado, por suposta tentativa de obstrução da Operação Lava Jato.

A solicitação foi feita pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot e o pedido atendido pelo ministro Edson Fachin. O senador Renan Calheiros distribuiu nota à imprensa negando qualquer ação neste sentido, reafirmando que não fez nenhum ato para dificultar ou embaraçar qualquer investigação, já que é um defensor da independência entre os poderes. A investigação não tem prazo para ser concluída. Somente depois das investigações o Ministério Público vai decidir se denuncia ou não os envolvidos no caso.

alagoas24horas

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com