michel temer - 13-2-17- foto beto barata- PR

PRESIDENTE SÓ VAI AFASTAR MINISTRO QUE FOR DENUNCIADO NA LAVA JATO

O presidente Michel Temer avisou, nesta segunda-feira (13), que apenas ministros que se tornarem réus na Lava Jato serão afastados do governo.  Em pronunciamento no Palácio do Planalto, Temer garantiu que o afastamento será provisório, caso haja denúncia, e definitivo no caso de se tornar réu.

“Depois, se acolhida a denúncia e aí sim a pessoa, no caso o ministro, se transforme em réu – estou mencionando os casos da Lava Jato -, se transformando em réu, o afastamento é definitivo”, afirmou o presidente.

Temer falou por cerca de oito minutos e ressaltou que o governo não tem intenção de interferir nas investigações. “Quero anunciar em caráter definitivo e talvez pela enésima vez que o governo jamais poderá interferir nessa matéria, que corre por conta da Polícia Federal inauguralmente, do Ministério Público e do Judiciário”, disse.

O governo passou por um desgaste na última semana após a nomeação de Moreira Franco para a Secretaria-Geral da Presidência. Com status de ministro, Franco passaria a ter foro privilegiado e só poderia ser investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi citado na delação premiada do ex-diretor da Odebrecht Cláudio Melo Filho, mas não é investigado oficialmente. “O governo não quer blindar ninguém e não vai blindar”, concluiu Temer.

diariodopoder

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com