201702072226_929c35245d

Governo Temer autoriza retomada da duplicação da BR-101 em Alagoas

O governo federal autorizou a retomada da duplicação de um trecho da BR-101 no estado de Alagoas. As obras estavam paradas desde 2013. Em novembro de 2016, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu a liminar que paralisava parte das obras, que estavam suspensas, por força de decisão judicial que beneficiou a empresa derrotada na concorrência, em dois pontos – nos municípios de Rio Largo, São Miguel dos Campos e Teotônio Vilela.

A ordem de serviço que dá início às obras foi assinada nesta terça-feira (7) no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Michel Temer. A previsão é que as obras sejam retomadas em março.

“O Corredor Nordeste é uma prioridade do governo do presidente Michel Temer. Retomamos os lotes da BR-101 em Pernambuco e e Alagoas e agora vamos retomar o de Sergipe e da Bahia”, afirmou o Ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella.

Sergipe

Além de autorizar a retomada das obras em Alagoas, o Governo Federal autorizou a conclusão da pista do aeroporto de Aracaju. O projeto de duplicação total da BR-101 no em Sergipe tem sete lotes. Dos 206,1 km da rodovia no Estado, 87,5 km já foram concluídos, distribuídos por diversos lotes.

Ao agradecer pela retomada do empreendimento, o governador do Sergipe, Jackson Barreto, informou que cerca de R$ 300 milhões serão repassados pela União para a ampliação da pista de pouso e decolagem do aeroporto de Aracaju, por meio de emendas parlamentares impositivas. Durante o discurso, ele cobrou da União ações também para a duplicação da BR-101 em Sergipe.

“Na última vez [que estive em Brasília fazendo os pedidos], a senadora Maria do Carmo [Alves, DEM-SE] me dizia: ‘precisamos unir essa bancada para exigir do governo’, e ela colocou muito bem, o reinício dessas obras. Tão [grande] é o volume, presidente, de acidentes, nessa rodovia do lado de Sergipe”, justificou.

Com investimento de R$ 157,6 milhões, as obras do Lote 1 têm, até agora, só 3,3% de execução. O trecho a ser duplicado por ordem do ministro, com 40 km de extensão, não está liberado para o tráfego.

Com a retomada do Lote 1, mais 40 km vão entrar nessa conta. O investimento total para a duplicação de todo o trecho da BR no estado será de R$ 1,28 bilhão.

O DNIT vai lançar em março o edital de licitação para concluir o “encabeçamento” da nova ponte erguida sobre o Rio São Francisco, localizada no município de Propriá (SE), um dos sete lotes da 101 em Sergipe e do lote 7 da obra em Alagoas. A previsão é concluir o trabalho em 4 meses, possibilitando a plena utilização da Ponte.

A ponte antiga já foi restaurada e funciona normalmente. Inaugurada a nova, cada uma servirá para sentido da rodovia duplicada.

 gazetaweb.globo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com