jardel-aderico-ex-secretario-de-prevencao-a-violencia-de-alagoas-foto-divulgacao

SECRETÁRIO DE RENAN FILHO FOI EXONERADO POR QUERER SER DEPUTADO

Ainda cambaleando pela derrota na disputa pela prefeitura de Delmiro Gouveia, o deputado federal Givaldo Carimbão (PHS-AL) recorreu ao governador Renan Filho (PMDB) para blindar uma ameaça ao futuro político de seu filho e deputado estadual Carimbão Júnior (PHS), temendo uma nova derrota eleitoral. Ágil, Renan Filho exonerou o afilhado de Carimbão, Jardel Aderico, do comando da Secretaria de Prevenção à Violência e deu ares de tecnicidade a uma mudança estritamente política em seu governo.

Apesar de lidar com problemas graves como denúncias de tortura e a recente morte de um adolescente em unidades socioeducativas que administrava, o que derrubou Jardel Aderico foi suas pretensões políticas de disputar uma das 27 vagas na Assembleia Legislativa. Prova disso é que, no mesmo dia em que teve assinada sua exoneração, o agora rival de Carimbão foi premiado como líder em reunião da Governança, na presença de Renan Filho.

Nas redes sociais e junto à imprensa, Jardel Aderico já desenvolvia um trabalho de marketing político, para acompanhar e divulgar a sua atuação na Seprev, com vistas a uma candidatura a deputado estadual pelo PMDB. Para isso, teria contratado uma assessoria “por conta própria”. E deve disputar o mesmo reduto eleitoral cristão que elegeu o filho de seu padrinho.

Jardel não foi sequer à posse de sua sucessora Esvalda Bittencourt, na manhã desta sexta (23),cujo release da cobertura do evento pelo governo sequer cita seu nome. Mas, em seu perfil do Facebook, no início da madrugada, Jardel disse se despedir com total tranquilidade e senso de dever cumprido. E deixou as seguintes palavras, ao falar sobre seu futuro, que “é logo alí”, em 2018.

“Jamais faltarei ao compromisso com o aprimoramento da ação pública, e farei todo o possível para preservar as conquistas, porque o mais valioso patrimônio de um cidadão é a liberdade crítica, honesta e despretensiosa. A verdade dos fatos, atos e atitudes será sempre aquela que foi construída no passado e continuará sendo, no futuro, por todos e para todos; e não para o benefício ou deleite de pequenos reinados sustentados na arrogância”, escreveu o ex-secretário, para livre interpretação.

O Diário do Poder não conseguiu falar com Carimbão, nem seu filho. Mas o deputado federal que lidera o PHS na Câmara dos Deputados disse à Gazeta de Alagoas que a mudança foi técnica, visando abrir comunidades terapêuticas para recuperação de dependentes químicos do sistema prisional.

diariodopoder

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com