edf9dcfc-f44f-4269-8249-14ed4897ad6c

Polícia divulga foto de dois suspeitos envolvidos na morte de professor da Ufal

Foram divulgadas as fotos de dois foragidos suspeitos de participação na morte do professor da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Daniel Thiele, de 35 anos, pela Polícia Civil de Alagoas, por meio a Seção Antissequestro, da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), nesta terça-feira, 06.

Os suspeitos são: André da Silva Firmino, conhecido como “Nego”, e Cristiano Nascimento Germano, o “Copal”. A dupla foi identificada durante as investigações comandadas pelo delegado Filipe Caldas.

De acordo com o delegado, o grupo tem participação com o tráfico de drogas, homicídios, roubos de veículos e diversos assaltos na capital. O motivo do assassinato seria uma reação do professor a um assalto onde os suspeitos roubaram o jogo de roda do carro, um Ford Focus, de cor prata, e um aparelho celular.

A família de Daniel Thiele está oferecendo recompensa a quem tiver informações sobre a localização dos foragidos. O contato é (82) 3315-1929/98882-9814.

O caso

O professor Daniel Thiele desapareceu no dia 20 de setembro, e seu corpo somente foi encontrado no dia 6 de outubro em um carro carbonizado, deixado em um canavial no município de Rio Largo. Ele estava no banco traseiro com um arame em volta do pescoço.

Segundo informações repassadas pelo delegado Felipe Caldas, Thiago Anderson Lima da Silva e Anderson da Silva Lima estariam em um veículo seguindo o professor com o intuito de cometer um assalto. “Ao abordarem Daniel ele reagiu e foi nesse momento que as coisas saíram do controle”, destacou Caldas. O delegado ainda ressaltou que uma terceira pessoa estaria dentro de um dos veículos, mas ela está foragida.

 


Criminosos seguiram o professor após sair da Ufal (Foto: PC/AL)

 

Para se livrar do corpo Thiago e Anderson telefonaram para Fabiano da Silva Rocha que junto com Luiz Fernando Gonçalves de Oliveira ajudaram a esconder o corpo do professor. Segundo o delegado, Anderson Silva Lima foi o responsável por executar o professor com um tiro na nuca.

Thiago Anderson tem sete passagens pela polícia e estaria envolvido, junto com um comparsa que não foi identificado, no assalto contra um casal de jovens ocorrido no dia 20 de outubro no Santo Eduardo que culminou com um casal de universitários ferido por disparos de arma de fogo. Além de ter sido o autor de um crime ocorrido no aeroclube.

cadaminuto

*Com Ascom PC/AL

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com