201605101525_c290fa9965

TJ/AL vai julgar prefeito acusado de ter gastos milionários com combustíveis

O pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) decidiu, por unanimidade de votos, acolher a denúncia contra o prefeito de Penedo, Marcius Beltrão Siqueira. O Ministério Público de Contas (MPC) acusa o gestor de não responder a solicitações do órgão, infringindo a legislação penal.

O procurador Antiógenes Lira, do Ministério Público Estadual (MPE), ressaltou que a requisição do MPC refere-se a informações sobre um gasto “absurdo” de combustível pelo Município em 2008, em gestão anterior do mesmo prefeito. “O Ministério Público pede o recebimento da denúncia para que isso não se torne um modelo de ação [dos prefeitos]”.

Lira afirmou que a despesa com combustível aumentou de R$ 853 mil para mais de R$ 2,9 milhões somente no ano de 2008. Segundo Antiógenes, a Procuradoria do Município calculou que o valor seria suficiente para dar 40 voltas em torno da Terra.

Por sua vez, o advogado de defesa, Dagoberto Omena, afirmou que os ofícios enviados pelo Ministério Público de Contas já foram respondidos pela Prefeitura, no âmbito de outro processo judicial. Entretanto, o relator do processo em julgamento, desembargador Sebastião Costa, declarou não ter recebido essa informação.

Sebastião Costa Filho votou por receber a denúncia e foi acompanhado por unanimidade, o que encerrou o julgamento. Agora, o prefeito é réu na ação penal.

gazetaweb.globo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com