201611281030_aff51357a6

PRF prende cinco em rodovias que cortam Alagoas no fim de semana

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu cinco pessoas, durante o fim de semana, por diversos crimes cometidos nas rodovias federais que cortam Alagoas.

As ocorrências se deram nas BRs 101, 104 e 316, onde um homicida procurado pela Justiça de Sergipe foi recapturado, um homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo e outros três foram flagrados dirigindo após o consumo de bebida alcoólica e terminaram sendo encaminhados à polícia judiciária.

Na noite de sábado (26) equipes da PRF faziam o policiamento ostensivo na BR-101, em São Miguel dos Campos, quando abordaram um Honda/ Civic, de cor preta e placa de Sergipe. Após realizar buscas, foi localizado, no banco traseiro do veículo, um revólver calibre 38 com seis munições intactas. Como não tinha permissão para andar armado, o homem, de 35 anos, foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia Civil da cidade.

No domingo (27), durante a madrugada, os agentes federais fiscalizavam o mesmo trecho da rodovia, quando abordaram um Mercedez Benz/1620, de cor vermelha, placa de Alagoas. Dentro dele, havia o motorista e dois passageiros. Após consultas, foi descoberto um mandado de prisão em aberto em desfavor de um dos passageiros. O homem, de 23 anos, respondia por um homicídio na cidade de Campo do Brito/SE, cometido em março desse ano, e estava com prisão temporária decretada desde agosto de 2016. Ele era procurado pela justiça de Sergipe e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de São Miguel dos Campos.

Uma arma foi apreendia durante as fiscalizações

FOTO: CORTESIA ASCOM PRF

 

Alcoolemia ao volante

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Alagoas flagrou, de sexta-feira (25) ao domingo (27), nove pessoas dirigindo sob efeito de álcool nas rodovias federais que cortam o estado. Três delas foram presas por estar com o teor alcoólico acima de 0,30mg/l.

As prisões aconteceram nas BRs104 e 316. Dentre elas,destaca-se o flagrante ocorrido na BR-104, na sexta-feira (25). Os policiais receberam a informação de um acidente sem vítimas ocorrido em Rio Largo. Ao chegar no local, verificaram que o condutor do veículo GM/Corsa havia colidido na traseira do veículo Toyota/Hillux, sem motivo aparente. Ao realizar o teste de etilômetro foi constatado que o condutor dirigia sob efeito de álcool.

O resultado surpreendeu os policiais: 1,59 mg/l, quase quatro vezes acima do considerado crime por lei. O homem, de 54 anos foi preso e encaminhado à Central de Flagrantes, em Maceió. Os dois outros flagrantes ocorreram no domingo (27), na BR-316. Ambos eram motociclistas inabilitados e foram abordados pelos agentes nas cidades de Estrela de Alagoas e Santana do Ipanema.

Um dos presos ao realizar o teste do etilômetro apresentou um resultado quatro vezes acima do considerado crime por lei

FOTO: CORTESIA ASCOM PRF

 

Para o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o índice de 0,30mg/l no organismo do condutor já é suficiente para enquadrar a conduta como crime de trânsito. A lei sofreu algumas alterações e desde 1º de novembro quem for flagrado dirigindo após consumir bebida alcoólica pagará uma multa de R$2.934,70, além de poder ter seu direito de dirigir suspenso por 12 meses. O mesmo é válido para o condutor que se recusa a fazer o teste do bafômetro.

gazetaweb.globo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com