nicolas-maduro-by-div

CINCO OPOSITORES SÃO LIBERTADOS APÓS INÍCIO DE DIÁLOGO COM MADURO

A oposição ao governo de Nicolás Maduro informou, nesta terça-feira, que cinco opositores de Maduro foram libertados ontem. A libertação ocorre um dia após o início do diálogo entre o governo e a oposição na Venezuela.

O prefeito de Sucre, Carlos Ocariz, oposição a Maduro, divulgou em seu perfil no Twitter que Carlos Melo, líder do partido Avançada Progressista, Andrés Moreno e Marco Trejo, assessores políticos da coalizão de oposição Mesa da Unidade Democrática, foram libertados.

“Apostamos que, com mediações do Vaticano, podemos chegar a soluções reais. Nós estamos aqui para buscar uma solução eleitoral”, afirmou Ocariz no Twitter.

O secretário-executivo da Mesa da Unidade Democrática, Jesús Torrealba, também afirmou, em seu Twitter, que o governo libertou Coromoto Rodríguez, chefe de segurança do presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, e Andrés Leon, que estava em prisão domiciliar.

Carlos Ocariz ainda afirmou, em seu perfil, que a crise política e econômica vivida pelo país “deve ser eleitoral”. Segundo ele, a primeira proposta da oposição ao governo foi a de novas eleições para 2017.

As conversas entre governo e oposição se iniciaram no último domingo, em um museu em Caracas, na presença de mediadores do Vaticano e de ex-presidentes da Espanha, do Panamá e da República Dominicana. O presidente do país, Nicolás Maduro, deseja abafar a campanha que busca a sua deposição da presidência. (AE)

diariodopoder

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com