4b608ced-1bd3-45b4-8e3f-2b70e7caefa0-1

Bolsa Família: mais de 30 mil benefícios são bloqueados e cancelados em AL

Segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira, 7, pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), em Alagoas foram bloqueados 19.246 benefícios e cancelados 11.482 referentes ao programa Bolsa Família, devido a indícios de irregularidades.

O cancelamento se deu nos casos em que a renda per capita da família ultrapassou R$ 440. Já o bloqueio foi adotado quando a renda variou entrou R$ 170 e R$ 440. Nesses casos, os beneficiários devem procurar o Município para comprovar que estão dentro das regras do programa e solicitar o desbloqueio dos recursos.

Em um detalhado cruzamento de dados, considerado pelo governo federal como o maior pente-fino já realizado na história do programa social, o Ministério encontrou inconsistências em 1,1 milhão dos 13,9 milhões de benefícios pagos em todo o País.

Destes, 469 mil foram cancelados e 654 mil bloqueados. Em todos os casos foi constatado que a renda das famílias era superior à exigida para ingresso e permanência no Bolsa Família.

A promessa do MDSA é que, com a ampliação das ferramentas de controle, agora será possível realizar análises mensalmente, diminuindo o tempo que o governo leva para identificar as famílias que têm renda maior do que a declarada ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Em entrevista coletiva à imprensa, o ministro Osmar Terra disse que não haverá corte de recursos e que o dinheiro economizado voltará para área social, seja para os que estão na fila de espera para receber o benefício ou “quem sabe, para melhorar os valores repassados”.

O Bolsa Família é voltado para famílias com renda per capita mensal de até R$ 85 e com renda per capita mensal entre R$ 85,01 e R$ 170.

Diariodopoder

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com