Teste de DNA confirma que corpo encontrado é de professor da Ufal

O resultado do teste de DNA realizado no corpo carbonizado encontrado dentro de um carro na zona rural do município de Rio Largo confirmou que o cadáver é do professor Daniel Thiele do curso de Química da Ufal.

O exame foi realizado pelo laboratório de DNA da Ufal e o resultado foi entregue ao irmão da vítima, o senhor Marcelo Thiele, que compareceu pessoalmente nesta manhã no IML.  Com o resultado positivo, a chefia administrativa do órgão prepara a liberação do corpo que ocorrerá ainda hoje.

Segundo Marcelo o corpo será transladado para o Rio Grande do Sul. “Como meu irmão já havia manifestado a vontade, o seu corpo será cremado e no final de semana iremos realizar uma cerimônia de despedida para ele”, afirmou Thiele.

O laudo cadavérico apontou que Daniel Thiele foi morto por traumatismo crânio encefálico e por instrumento perfuro-contundente provocado por arma de fogo, e em seguida seu corpo foi carbonizado. O resultado do laudo cadavérico e do exame de DNA será encaminhado para a delegacia responsável pela investigação.

O CASO

O doutor em Química foi visto na quarta-feira (20), em seu carro, um Focus prata de placas NLZ-2301, quando deixava a Universidade Federal de Alagoas. A Polícia Civil investiga a motivação do crime e chegou a prender duas pessoas suspeitas, que utilizaram o chip do telefone da vítima.

O corpo estava dentro do veículo, que ficou totalmente carbonizado. A Polícia Civil já havia descartado a possibilidade de sequestro e dado como remota as chances de encontrar o professor com vida. A principal linha de investigação mantida pela polícia é de latrocínio – roubo seguido de morte.

*Com infomrações da Perícia Oficial 

cadaminuto

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com