Pré-sal: como votou a bancada alagoana

Quatro deputados federais alagoanos votaram a favor da proposta que desobriga a participação da Petrobras na exploração do pré-sal, um votou contra e três não votaram.

Os favoráveis a matéria aprovada ontem, 5, em polêmica sessão no plenário da Câmara, foram: Pedro Vilela (PSDB), JHC (PSB), Arthur Lira (PP) e Nivaldo Albuquerque (PR).

Paulão (PT) votou contra e os deputados Ronaldo Lessa (PDT), Givaldo Carimbão (PHS) e Val Amélio (PRTB) não votaram.

Em suas redes sociais, Pedro Vilela defendeu que o projeto trará um enorme bem ao Brasil, contribuindo para a geração de emprego e de receitas, sendo “um enorme passo para tirar a Petrobras do buraco que o PT a colocou”.

“A ideia é desobrigar a Petrobras de ser a única operadora de cada bloco de exploração do pré-sal. O projeto não retira a preferência que a estatal tem para explorar qualquer nova área. Se aprovados os destaques na semana que vem, o texto facilitará o aumento dos investimentos na exploração do petróleo no Brasil”, avaliou.

Já Paulão, divulgou, também em suas redes sociais, os nomes dos colegas que votaram a favor ou que se ausentaram, frisando que foi o único parlamentar alagoano a votar contra o que chamou de “quebra do pré-sal”.

Resumo da ópera

A mudança retira a obrigatoriedade de participação da Petrobras com um mínimo de 30% na exploração do pré-sal, abrindo caminho para que petrolíferas estrangeiras participem sozinhas dos próximos leilões de blocos.

De um lado, defensores do projeto alegam que, com a mudança, a Petrobras recupera o fôlego para a retomada de investimentos, sem contar com a atração e capital estrangeiro para o país, em recessão.

Do outro lado, contrários a matéria alegam que ela pode culminar na entrega das riquezas nacionais aos grandes conglomerados petroleiros, enfraquecendo a estatal brasileira.

Só o tempo dirá quem estava com a razão.

cadaminuto

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com