marx-beltrao-by-gabriela-korossy

INDICADO PARA O TURISMO, MARX BELTRÃO AMEAÇA RENAN EM 2018

O deputado federal Marx Beltrão (PMDB-AL) deverá finalmente se tornar ministro do Turismo, nesta quarta-feira (5). Esta foi a promessa do presidente Michel Temer (PMDB), confirmada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e pelo líder do PMDB na Casa, deputado Baleia Rossi (SP). Será o segundo alagoano a comandar ministério no governo do PMDB.

O aval do presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB) foi mantido, mas já representa um peso mais leve na decisão de Temer, após Marx Beltrão registrar, com o resultado das urnas do último domingo (2), sua independência política do clã Calheiros no Estado de Alagoas.

Indicado oficialmente pela bancada do PMDB na Câmara, desde que o ex-ministro peemedebista Henrique Eduardo Alves deixou a chefia da pasta, o deputado Marx Beltrão rompeu o cordão umbilical com o padrinho e saiu vitorioso de duelos contra Renan e o governador Renan Filho (PMDB), em grandes colégios eleitorais alagoanos como Palmeira dos Índios, Delmiro Gouveia, Pilar e Marechal Deodoro. Sem falar da região Sul de Alagoas, dominada pela família Beltrão.

A demora de Temer em nomear o deputado alagoano tinha como motivação o fato de ele ser réu no Supremo Tribunal Federal (STF) por falsidade ideológica. Mas cedeu à ameaça de rebelião de parte da bancada de seu partido em votações importantes para o Governo Federal, como a da PEC que do teto para gastos públicos, na pauta da próxima semana.

Além do contexto político adverso para Temer, pesou favoravelmente a Marx Beltrão o parecer do advogado Aristides Junqueira que foi levado ao Planalto na semana passada como prova da fragilidade da acusação por falsidade ideológica contra Beltrão. A Procuradoria da República em Alagoas o denunciou por ter apresentado, quando era prefeito de Coruripe, comprovantes previdenciários ao Governo Federal com informações falsas.

MARX VENCEU RENAN EM PALMEIRA.

Renan que se cuide
Tendo em vista o crescimento político assombroso do futuro ministro do Turismo nas últimas eleições, sua nomeação pode ser um péssimo negócio para os planos do padrinho Renan Calheiros, que precisa se reeleger e renovar o mandato de seu herdeiro e governador de Alagoas Renan Filho, em 2018. Mas certamente poder ser uma jogada de Calheiros para tentar manter Beltrão sob seu controle.

Assim como o ministro alagoano dos Transportes Maurício Quintella (PR), Marx Beltrão tem planos de ascensão política bem ambiciosos para a próxima eleição. Ambos pavimentam o caminho para as duas vagas do Senado, em jogo em 2018.

Benedito de Lira no páreo
Renan sabe que o páreo deve ser duro, diante de seus desgastantes novos e velhos escândalos sob análise pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Cenário político que não será amenizado. O senador Benedito de Lira (PP), o Biu, terá 76 anos de idade em 2018, mas não cogita aposentar-se. Pelo contrário. Biu afirmou ao Diário do Poder que saiu com ânimo redobrado, da campanha municipal, colecionando vitórias importantes, entre as quais menciona Maragogi, Rio Largo, São Miguel dos Campos e Palmeira dos Índios, cuja candidatura vencedora ele afirma haver articulado desde o princípio. Na campanha de 2018, Benedito de Lira – mais votado que Renan, em 2010 – promete estar firme na luta pela recondução ao Senado.

Junto com Marx e Quintella, deve vir o peso político do ex-senador Teotonio Vilela Filho (PSDB), que se mostrou bem ativo ao eleger o segundo maior número de prefeitos alagoano, pelo PSDB. E ainda há chances de o atual prefeito da capital alagoana, Rui Palmeira (PSDB), entrar na briga, caso se confirme o favoritismo de sua reeleição no 2º turno em Maceió.

A estratégia traçada por Marx Beltrão é tão bem planejada, que nem do PMDB ele deverá depender para afrontar Renan em 2018. O deputado e futuro ministro tem o comando do PSD em Alagoas, uma rota de fuga, caso o PMDB resolva suspender todo o aval concedido neste momento de afirmação do poder político de Alagoas nos rumos do Brasil.

Caso também tenha planos para 2018, para Temer, mais vale um alagoano em ascensão na mão, do que um Renan voando com o peso de seus escândalos.

diariodopoder

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com