guarani-x-asa

ASA perde para o Guarani e desperdiça chance de retornar a Série B

Apesar de todos os esforços, de ter surpreendido durante toda a campanha da Série C, mesmo enfrentando problemas dentro e fora de campo, não deu para o ASA na noite deste sábado (08). Mesmo com a vantagem, o time alagoano acabou derrotado por 3 a 0 para o Guarani, sendo eliminado na fase de quartas de final da Série C e desperdiçando a chance de retornar para a Série B em 2017.

O jogo – 1º Tempo

Quando a bola rolou, ficou muito claro qual seria o cenário da partida. O Guarani tinha a posse de bola e pressionava o ASA. A equipe alagoana por sua vez, jogava fechada e esperava espaços para atacar nos contra-golpes.

O time da casa era melhor, pressionava com a bola nos pés e também na bola aérea. O ASA ainda chegou em contra-ataque, quando Reinaldo Alagoano aproveitou sobra de bola e bateu, com a bola desviando na defesa e saindo pela linha de fundo.

Mas, o time arapiraquense pouco pôde criar e viu o Guarani abrir o placar aos 24 minutos. O experiente Fumagalli levantou bola na área e o zagueiro Leandro Amaro aproveitou bola entre os zagueiros, desviando para o fundo do gol. 1 a 0.

Mesmo precisando do resultado, o Guarani soube administrar a vantagem e terminou o primeiro tempo vencendo por 1 a 0 o ASA.

2º – Tempo

Na volta para o segundo tempo, parecia que a história seria diferente. Isso porque, o ASA partiu para cima e Lessinho bateu cruzado, mandando a bola na trave, levantando a torcida alvinegra que esteve no Brinco de Ouro da Princesa.

O ASA mostrava uma postura diferente, mas uma falha do goleiro Thiago Braga jogou um verdadeiro “balde de água fria” no time alagoano. Bola que sobrou para o arqueiro alvinegro, Eliandro marcou e o goleiro acabou chutando em cima do atacante, vendo a bola morrer no fundo do gol aos 9 minutos. 2 a 0.

O gol mexeu totalmente com o cenário do jogo e os planos do técnico Paulo Foiani do ASA. Os dois treinadores mudaram, mas o ASA não voltaria mais a bater de frente com o time da casa.

Para piorar, uma nova falha levou ao terceiro gol do “Bugre”. Bola alta, sem dono e o atacante Eliandro apareceu novamente, ganhou na velocidade dos zagueiros do ASA e tocou de cabeça, cobrindo o goleiro Thiago Braga.

Depois do terceiro gol, restava o ASA tentar pelo menos um gol para repetir o placar do primeiro jogo e levar a decisão para as penalidades. Não deu certo. O time alagoano acabou derrotado por 3 a 0 e desperdiçou a chance de retornar a Série B.

minutoesportes

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com