622_ea318a591bb0330ba651fd26ba77dd1f

SP, Rio, Minas? Não, único estado que pode subir time em todas as divisões é Alagoas

Esqueça a força financeira e política de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Quem têm chance de conseguir acesso em todas as divisões do Campeonato Brasileiro são clubes de um Estado menos abastado no futebol. Trata-se de Alagoas, que pode terminar 2016 com promoção em todos os níveis.

A começar pelo atual campeão do estado: o CRB. O time alvirrubro está na briga pelo acesso para a primeira divisão desde as primeiras rodadas da Série B.

Já integrou o G-4 do acesso e foi até vice-líder. A situação atual não é tão confortável, pois está na oitava posição com 40 pontos, mas a apenas dois atrás do Londrina, quarto colocado.

O CRB tem como destaques o jovem atacante Luidy, pretendido por Vasco e Santos, e artilheiro do time com seis gols marcados. Mas tem atletas conhecidos e experientes no grupo, como o atacante Zé Carlos (ex-Cruzeiro), o goleiro Julio Cesar (foi campeão da Copa do Brasil pelo Santo André) e o meia Gerson Magrão (ex-Sporting, Santos e Cruzeiro).

O treinador desde o começo do ano é Mazola Junior, 51, que venceu o alagoano deste ano. O comandante tem experiência também. Começou em 2009 no Ituano. Depois teve passagens por Sport, Ipatinga, Bragantino, Cuiabá, Paysandu, entre outros.

Um dos motivos do sucesso do CRB neste ano é de ordem financeira. O principal patrocinador da equipe é Caixa Econômica Federal, que estampa sua marca na camisa. O investimento da estatal é de cerca de R$ 1 milhão.

O clube conta também com apoio de diversas empresas locais, além do Governo de Alagoas e da Prefeitura de Maceió. Com isso tem um orçamento bem equilibrado.

Se conquistar o acesso será histórico. A última vez que o CRB disputou a primeira divisão foi em 1984. Desde então já jogou 23 vezes a Série B e seis vezes a Série C, sendo que em 1988 e 1990 não jogou nenhuma divisão nacional.

FIRME E FORTE NA TERCEIRONA

O ASA, sete vezes campeão alagoano e conhecido pela mascote ser um fantasma, está caminhando bem na Série C do nacional, com chance de acesso.

A equipe se classificou na quarta posição da fase de grupos de forma dramática com um empate diante do ABC-RN. Ficou com a última vaga nas quartas de final.

Agora terá dois jogos eliminatórios contra o Guarani, líder do grupo que reuniu times das regiões sul e sudeste. Se passar, já estará na próxima edição da Série B.

O técnico do ASA é Paulo Foiani, 39, campeão estadual pelo clube como volante. Ele começou a carreira de treinador e 2013 e tem passagens por Marcílio Dias-SC, Toledo-PR,Operário-PR, Cascavel-PR, Camboriú-SC, Juazeirense-BA e Jacuipense-BA.

Um dos principais detaques atuais do ASA é o atacante Reinaldo Alagoano, artilheiro do time com oito gols. Outros nomes conhecidos são os do zagueiro Williames José (irmão do atacante Willian José) e do volante Ramalho (campeão da Copa do Brasil pelo Santo André e também campeão do Brasileiro pelo São Paulo).

Entre os apoiadores do clube estão a prefeitura de Arapiraca, uma concessionária de veículos, uma empresa de telefonia local, Unimed e Perucaba Bairro Planejado, um empreendimento imobiliário na cidade.

SE REERGUENDO NA QUARTA DIVISÃO

O CSA é o maior campeão alagoano, com 39 conquistas, e disputou 12 vezes a Série A do Campeonato Brasileiro. Depois de passar por uma grande crise, perder vaga em todas as divisões nacionais e até mesmo ser rebaixado no estadual, o clube está se reerguendo.

Sob o comando de Oliveira Canindé, treinador campeão da Copa do Nordeste com o Campinense em 2013 e do Campeonato Potiguar de 2014, a equipe chegou até a final da Série D contra o Volta Redonda, já com o acesso para a terceira divisão nacional.

No caminho, a equipe eliminou Parnahyba, Altos-PI, Ituano-SP e São Bento-SP.

Tem no elenco o meia Didira (ídolo do ASA), além dos atacantes Jonatas Obina (ex-Atlético-MG) e Marcelo Nicácio (ex-Bahia e Atlético-MG). O goleador da equipe e vice-artilheiro da Série D é o atacante Cleyton, com oito gols marcados.

Com um orçamento baixo, o CSA-AL tem patrocínio da prefeitura de Alagoas, supermercado Camponesa, além do Carajá Home center, loja de produtos para casa.

Fonte: ESPN

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com