thumbnail_projeto-amanha-da-codevasf-promove-a-capacitacao-de-jovens-rurais

Projeto Amanhã da Codevasf promove inclusão digital de jovens rurais do projeto de irrigação Itiúba em Porto Real do Colégio

A inclusão digital de jovens agricultores do projeto público de irrigação Itiúba, em Porto Real do Colégio (AL), está tendo continuidade por meio do Projeto Amanhã, da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). O curso de Noções Básicas de Informática, que teve início no dia 12 de setembro e será encerrado nesta sexta (23), tem o objetivo de preparar os jovens para o mundo do trabalho e para que saibam aliar a Informática à gestão dos lotes agrícolas de suas famílias.

Os 17 alunos, moradores do povoado Barra do Itiúba, têm idades que variam de 15 a 26 anos. Carlos Alberto Santos, técnico agrícola da Codevasf e gerente da Unidade de Capacitação e Treinamento de Itiúba no Projeto Amanhã, explica que a formação das turmas ocorre a partir de oferta inicial da Codevasf, seguida da manifestação da comunidade acerca do interesse pelo tema e da indicação dos participantes. “É gratificante prestar bons serviços e ver que, por meio dessas ações, esses jovens poderão alcançar sucesso na vida”, afirma Santos.

Mateus Pereira, 16 anos, filho de agricultores irrigantes do perímetro, conta que buscou a capacitação no Projeto Amanhã com o objetivo de aprimorar seus conhecimentos e contribuir para a atividade dentro do lote irrigado da família. “Nos dias de hoje é necessário saber usar a Informática. No mercado, se não tiver nenhum conhecimento em Informática, fica difícil conseguir emprego. Aprimorando esse conhecimento, podemos até melhorar os custos na agricultura”, aponta.

Aline Santos, 17 anos, observa que sempre procura se capacitar e que vê na Informática uma oportunidade de entrar no mercado de trabalho. “É sempre bom se capacitar. A Informática está em todas as áreas. Aqui, posso ganhar mais experiência”, nota a jovem.

Entre os conteúdos trabalhados no curso, o professor Carlisson Santos, estudante universitário e facilitador voluntário do treinamento, destaca o uso de sistemas operacionais e do pacote de informática para atividades de escritório  –  como elaboração de planilhas, de documentos de texto e de apresentações. Para ele, é fundamental que instituições como a Codevasf possam atuar na inclusão digital de jovens de áreas rurais, ajudando a melhorar a vida das pessoas dessas comunidades.

“A Informática hoje pode ser aplicada nos estudos e nas atividades da família, como piscicultura, agricultura e ovinocaprinocultura – ou mesmo quando alguns deles decidem ter o próprio negócio, pois vão utilizar esse conhecimento para administrá-lo”, lembra. “Assim, é fundamental o contato desses jovens com a Informática – não somente com mídias sociais, mas também com pacotes para atividades de escritório que contribuem para sua vida profissional futura”, acrescenta o professor voluntário, que também é estudante universitário e entende a capacitação como uma atividade de extensão.

Vocações produtivas

De acordo com a coordenadora do Projeto Amanhã na Codevasf em Alagoas, Carla Pinheiro, a oferta dos cursos atende a uma demanda dos jovens sem deixar de observar as vocações produtivas locais, a exemplo da piscicultura e da capacitação para operador de máquinas agrícolas. “Cumprindo sua missão de promover o desenvolvimento regional, com essa capacitação via Projeto Amanhã, a Codevasf pretende contribuir para que esses jovens rurais tenham acesso ao conhecimento e possam melhorar seu cotidiano de trabalho e de vida. Quando escolhemos cursos como tratorista e piscicultura, buscamos melhorar as atividades na região. No caso das capacitações em Informática, buscamos promover a inclusão digital desses jovens”, afirma.

Carla Pinheiro informa que outras capacitações devem ocorrer até o final de 2016. “Temos programados para 2016 outros dois cursos. Em outubro, ofertaremos o curso de Tratorista, que deve acontecer na segunda quinzena do mês. Já o curso de Piscicultura será ofertado na segunda quinzena de novembro”, diz.

Para obter mais informações sobre os cursos ofertados pelo Projeto Amanhã da Codevasf em Alagoas e acerca dos critérios para participação nas capacitações, os interessados devem entrar em contato pelos telefones (82) 3551-9468 e 3551-9462.

Telecentros

A coordenadora executiva do Projeto Amanhã na Codevasf, Maria da Conceição da Silva, explica que, no caso da inclusão digital, os centros onde são realizadas as capacitações são chamados Telecentros. Esses espaços já foram instalados em Nova Porteirinha e Brasilândia de Minas (MG), em Porto Real do Colégio (AL) e em Neópolis (SE).

Por meio dos Telecentros e de outros Centros de Capacitação, a Codevasf realiza diversas ações educativas que têm como objetivo fomentar a organização e a capacitação dos jovens rurais na faixa etária de 14 a 26 anos matriculados em instituições de ensino formal. As ações propiciam qualificação e preparação para a obtenção do primeiro emprego e para que os jovens atuem com autonomia e competência em empreendimentos agropecuários e agroindustriais. “Os cursos de capacitação oferecidos pelo Projeto Amanhã são gratuitos e ocorrem de acordo com as demandas dos mercados local, regional, nacional e internacional”, frisa Conceição.

Bruno Santos – Jornalista Mte 759/AL

 Mais informações: www.codevasf.gov.br

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com