Onze candidatos a prefeito e vice de Alagoas dependem de definição da Justiça

A uma semana para as eleições municipais, seis candidatos a prefeito e cinco a vice-prefeito de Alagoas ainda têm situação indefinida quanto ao registro da candidatura. Eles foram impedidos, mas seguem na disputa aguardando uma definição por parte dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Caso não sejam julgados os recursos até o próximo domingo (2 de outubro), os votos dos eleitores a estes candidatos ficarão sub judice e somente serão liberados depois de uma definição. Se a Justiça Eleitoral indeferir o registro, o candidato ainda poderá recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) mesmo após a votação.

Numa pesquisa feita ao site do TSE é possível verificar que há seis candidatos a prefeito e mais cinco a vice-prefeito que estão com a candidatura indeferida, mas com recurso. Dos que encabeçam a chapa majoritária nas coligações, cinco deles foram barrados por ausência de requisito de registro e um por indeferimento do partido ou da coligação.

No caso dos vice-prefeitos, os motivos são ausência de requisito de registro, ficha limpa e indeferimento do partido ou coligação. Confira lista abaixo:

CANDIDATO PARTIDO CIDADE INDEFERIDO POR:
DIJALMA DA SILVA SAMPAIO PTB CAMPO ALEGRE Ausência de requisito de registro
FABIANO RIBEIRO DE SANTANA PP PARICONHA Ausência de requisito de registro
JOSE FLAVIO SILVA TARGINO PRTB PALMEIRA DOS ÍNDIOS Ausência de requisito de registro
SHEILA MARIA DUARTE PT PALMEIRA DOS ÍNDIOS Ausência de requisito de registro
WELLINGTON SILVA DE MEDEIROS PR BELO MONTE Ausência de requisito de registro
CARLOS ALBERTO RIBEIRO DA COSTA PP PARIPUEIRA Indeferimento do partido ou coligação
CANDIDATO (VICE-PREFEITO) PARTIDO CIDADE INDEFERIDO POR:
EDMILSON SILVA DE SÁ PMN PALMEIRA DOS ÍNDIOS Ausência de requisito de registro
LUIZ VALMIR DA SILVA GOMES PR PARICONHA Ausência de requisito de registro
ZENICIO VIEIRA LEITE NETO PRTB PALMEIRA DOS ÍNDIOS Ausência de requisito de registro
BEROALDO RUFINO DA SILVA PP JUNDIÁ Ficha Limpa
HETH CESAR BISMARCK ATHAYDE BARBOSA DE OLIVEIRA PDT PARIPUEIRA Indeferimento do partido ou coligação
No Brasil, cerca de 700 candidatos a prefeito e vice-prefeito estão nesta condição. Eles até poderão receber votos para vencer, mas não é certo que exercerão os mandatos para os quais foram eleitos.
Essa situação já ocorria em pleitos anteriores, mas ficou mais crítica com a reforma eleitoral que diminuiu o tempo de campanha de 90 para 45 dias. Com isso, encurtou-se também o tempo para o julgamento definitivo.
Até agora, só 91 recursos estão no TSE, sendo que outros 13 mil ainda podem chegar à Corte. Na eleição passada, no mesmo período, mais de cinco mil recursos desse tipo já tinham chegado ao TSE, última instância da Justiça Eleitoral. Essa diferença se dá justamente porque, em 2012, nessa mesma época, os juízes eleitorais e os TREs tiveram mais 45 dias para julgar os casos.
*Com O Globo
gazetaweb.globo.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com