fe49f0bb-92ad-4e00-84cd-b12721a32800-1

Júri absolve policiais militares acusados de chacina

Os acusados de envolvimento numa chacina ocorrida no município de União dos Palmares, no ano de 2002, foram absolvidos, nesta quarta-feira (21), em julgamento ocorrido no Fórum Jairo Maia Fernandes, no bairro Barro Duro, em Maceió.

Os policiais militares, acusados de envolvimento em uma chacina no município de União dos Palmares, em 2002, foram absolvidos nesta quarta-feira (21). O julgamento ocorreu no Fórum de Maceió, no Barro Duro.

Os jurados entenderam não haver provas suficientes para condenar réus, que são os policiais militares José Valdir Gomes Ferreira, José Paulo Barros de Araújo, Nilton Nascimento Correia e Marcos Mota dos Santos. O Ministério Público (MP/AL) não disse se irá recorrer da sentença.

Os trabalhos foram conduzidos pelo juiz Geraldo Cavalcante Amorim, titular da 9ª Vara Criminal de Maceió. A acusação ficou a cargo do promotor de Justiça Maurício Mannarino Lopes e a defesa teve à frente o advogado Welton Roberto.

O caso

A chacina vitimou os adolescentes Tiago Holanda da Silva, Cizenando Francisco da Silva, Sydronio José da Silva e Maurício da Silva. Os crimes ocorreram no dia 5 de setembro de 2002, por volta das 4h, em União dos Palmares.

De acordo com a denúncia do MP/AL, os policiais militares integravam um grupo de extermínio conhecido como “Ninjas”. As mortes dos adolescentes teriam ocorrido por conta de uma briga envolvendo um dos jovens e o filho do cabo José Valdir. Em depoimento, os réus negaram qualquer envolvimento na chacina.

cadaminuto

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com