Notícias
banner_blog_tnh1_ricardo_mota

Governador descarta decretar “calamidade” em Alagoas

Quem garante é o secretário George Santoro, da Fazenda Estadual, que vem tendo uma atuação destacada junto aos seus pares, nas negociações com a União.

Na verdade, “vinha” tendo: ele não foi avisado, por exemplo, da última reunião de secretários de Fazenda, em Brasília, antes do último encontro com o ministro Henrique Meirelles.

(Mesmo assim, conseguiu “infiltrar” seu adjunto na reunião.)

Santoro afirma que a situação de Alagoas é, de fato, diferenciada em relação aos demais estados que cobram mais dinheiro do governo federal:

– Esse dinheiro não vai sair. A União também enfrenta dificuldades e não tem como repassar mais recursos este ano para os estados. Mas se sair, Alagoas também vai receber.

Segundo ele, nove estados, a maioria do Nordeste, já não está conseguindo pagar a folha de pessoal, o que na Região é mais importante do que no resto do país.

Para complicar, diz Santoro, o Tesouro Nacional anuncia uma previsão de queda de 23% do Fundo de Participação dos Estados (FPE) para este mês – numa comparação com setembro de 2015.

Alguma sugestão do economista Santoro?

“O governo precisa baixar a taxa de juros, que impede qualquer reação da economia”.

Parece bastante sensato.

blog.tnh1

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com