61cc198f-79f8-4a82-9836-f583c0a8ad91

Deputado denuncia compra de votos em Maceió

A denúncia do deputado estadual Galba Novaes (PMDB) acerca da compra de votos em Maceió é grave, embora não seja surpresa, mas, quase passou despercebida na sessão de quarta-feira, 14, na Assembleia Legislativa (ALE). A fala praticamente foi eclipsada pelo seu (pesado) discurso anterior contra o primeiro suplente, vereador Marcelo Gouveia (PRB).

Segundo Galba, candidato a vice-prefeito na chapa puro sangue encabeçada por Cícero Almeida, alguns candidatos estão pagando entre R$ 50 e R$ 70 pelo voto do cidadão comum, mas o valor ultrapassa os R$ 2 mil quando se trata de lideranças de bairros e outros “garantidores” (ou “prometedores”) de votos.

O deputado criticou o silêncio diante do crime eleitoral e apelou para que as polícias federal, militar e civil atuem no sentido de coibir a prática.

Galba disse que já presenciou cenas assim, mas não adiantou se ele mesmo formulou denúncias oficiais aos órgãos fiscalizatórios.

Em aparte, o Pastor João Luiz (PSC) fez outra grave denúncia: a de que as autoridades sabem quem vende, quem compra e onde estão os cadastros de eleitores comprados.

Se a coisa está tão a olhos vistos… O que falta para acabar com a farra?
cadaminuto

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com