a798bbbe-b6e5-40a8-af3f-2df25f425e39

Casal é preso em condomínio de luxo acusado de golpe milionário

A Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) descobriu um golpe milionário aplicado por um casal em Maceió. Eles foram presos nesta segunda-feira (05) no condomínio de luxo Bernardo Oiticica, no Jardim Petrópolis acusados de falsificar boletos bancários.

Em coletiva na manhã desta terça-feira (06), foram apresentados José Vagner Gomes Magalhães, de 35 anos, e Valdenia de Oliveira Rocha Magalhães, de 36. Segundo o delegado Felipe Caldas da Deic, em 5 anos, a conta bancária do casal movimentou R$ 2 milhões de reais, com uma renda anual declarada na Receita de R$ 25 mil.

A polícia constatou que Valdenia possuía três números de CPFs diferentes e Vagner outros dois. O casal possui uma corretora de imóveis chamada Magalhães e um condomínio de casas populares, mas as investigações apontam que o patrimônio foi fruto de fraudes aplicadas por eles falsificando boletos e enviando para que pessoas pagassem. Os valores pagos caiam na conta deles.

Ontem a residência onde eles moram a polícia apreendeu uma BMW e um Honda HRV, além de 20 cartões de crédito, dois computadores e seis pen drives.

Ainda segundo a polícia, calcula-se que o patrimônio do casal chegue a R$ 5 milhões, incluindo dois carros – uma BMW Z4, ano 2016 (placa PCZ-0757/AL) e um Honda HRV/2016, placa QLC-2401, e uma mansão em um condomínio, no Tabuleiro, avaliada em R$ 3 milhões, onde os dois foram presos.

Vagner e Valdenia permanecerão presos e vão responder pelos crimes de organização criminosa, falsidade ideológica, crime contra a ordem tributária e estelionato.

cadaminuto

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com