201609301137_fe191ec308

Após Luidy, Corinthians promete dois reforços de peso para 2017

Depois da contratação do atacante Luidy, do CRB, o Corinthians continua em busca de soluções para as carências do elenco. Enquanto luta pelo título da Copa do Brasil ou uma vaga na Libertadores via Brasileirão, a diretoria se apressa para contratar dois jogadores renomados que cheguem como titulares.

A prioridade é o acerto com um centroavante. Entre vaias e elogios, Vagner Love foi o último a conseguir se firmar na posição, no final do ano passado. Em 2016, André, Luciano, Romero e até Lucca não agradaram. Gustavo, recém-contratado do Criciúma, não é visto como um jogador pronto para ocupar a vaga.

O problema é que o mercado de atacantes não anda muito aquecido. Diretoria e Cifut (Centro de Inteligência do Futebol do Corinthians) vasculham alternativas há algumas semanas e ainda não chegaram a um consenso. Os nomes que agradam são muitos caros. Outros ainda geram dúvidas sobre a qualidade técnica.

O boliviano Marcelo Moreno é uma das alternativas que a diretoria estuda investir. O centroavante, de 29 anos, tem 11 gols atuando pelo Changchun Yatai, da China. Como o contrato dele acaba no fim de 2016, a negociação poderia ser facilitada, já que o Timão não necessitaria investir na compra de direitos econômicos.

Mas há um enorme obstáculo nesse caminho: o salário. Moreno recebe livre de impostos mais de R$ 1 milhão mensais, valor muito acima do que o Corinthians cogita pagar. Além disso, por conta do bom desempenho na temporada, o jogador já recebeu sondagens de outras equipes para seguir na China com vencimentos ainda maiores.

Sem muito dinheiro para gastar, o Timão também olha para o mercado sul-americano em busca de opções mais baratas. No início do ano, o clube chegou a manifestar o interesse nos argentinos Marco Ruben, do Rosario Central, e Gustavo Bou, do Racing, mas as conversas não evoluíram.

Com o desempenho instável da equipe em 2016, o Corinthians entende que precisará reforçar outros setores. A direção sente falta de um meio-campista de criação e um volante, principalmente após as saídas de Bruno Henrique e Elias. Há a possibilidade de mais um zagueiro ser contratado, já que o grupo atual conta apenas com Balbuena, Yago, Vilson e os garotos Pedro Henrique e Léo Santos.

gazetaweb.globo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com