201608031529_12d8649776

Sinteal mantém mobilização mesmo com anúncio de progressão para a Educação

Em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (3) na sede do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal), os servidores suspenderam a paralisação de cinco dias e decidiram retomar as atividades nas escolas, permanecendo, porém, em “estado de greve”. Ao mesmo tempo em que os trabalhadores da educação se reuniam para definir os rumos da mobilização, o secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, anunciava a implantação da progressão de carreira, que deve beneficiar 8.500 servidores, que também terão direito ao percentual de 5% em relação subsídio atual, bem como ao pagamento do retroativo.

De acordo com a presidente do Sinteal, Maria Consuelo, a categoria ainda não foi informada oficialmente sobre a decisão do governo, mas uma comissão foi formada para definir uma agenda de mobilizações que acontecerão nas escolas públicas em todo o estado. Ela afirma que desde maio que existe a promessa.

“Nós suspendemos a paralisação, que era prevista para durar 5 dias, mas vamos montar uma agenda de mobilizações, porque não é só a progressão de carreira que estamos pleiteando, Há uma série de coisas que estão na nossa pauta. O governo ainda não nos comunicou oficialmente e vamos manter as mobilizações”, explicou.

Ao anunciar a progressão nesta quarta-feira, Luciano Barbosa afirmou que vai solicitar que a Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão (Seplag) inclua as progressões na folha salarial para que o pagamento seja feito ainda este mês.

“Vamos solicitar urgência na Seplag. Minha expectativa é que o mês de agosto já seja pago com a mudança de letra para os servidores que têm direito”, afirmou Barbosa.

Servidores suspendem paralisação, mas permanecem mobilizados em AL

FOTO: LARISSA BASTOS

gazetaweb.globo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com