Notícias
banner_blog_tnh1_ricardo_mota

Renan aponta a necessidade urgente de extinguir o foro privilegiado

Ao revelar que conseguiu “desfazer o indiciamento no Supremo”, feito que Polícia Federal, de uma senadora e do marido dela, o senador Renan Calheiros voltou a botar luz sobre um tema que é motivo de revolta para a grande maioria das pessoas comuns no Brasil: o foro privilegiado.

Esta excrescência é responsável, por exemplo, pelo andar manco da Lava-Jato, deixando de fora exatamente os que têm a tal blindagem às leis.

Mesmo com a justificativa de que foi uma “ação institucional”, Calheiros deixou claro que o apartamento de um integrante do Senado é um templo onde a polícia não pode entrar, esteja o que ou quem estiver lá.

Fato concreto é que o tal foro privilegiado passou a ser um atrativo para o crime e para criminosos. Basta ver a quantidade de parlamentares que respondem a processos os mais diversos.

Não foi por acaso que caiu tanto o padrão político, moral e intelectual do Congresso Nacional.

Pior para os que respeitam o seu trabalho de parlamentar ou de governantes, que são obrigados a conviver no cotidiano com um tipo de gente que teria outro destino que não o poder em Brasília – ou nos estados e municípios – , se nós fôssemos, é claro, além das queixas pelas redes sociais.

Eis que Calheiros terminou prestando um serviço à Nação ao revelar o que havia feito discretamente.

blog.tnh1

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com