BBw6DL6

Marina Silva volta a defender o impeachment de Dilma Rousseff

Nesta sexta-feira (26), a ex-ministra Marina Silva, líder do partido Rede Sustentabilidade, voltou a defender o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

De acordo com informações do Bahia Notícias, na avaliação dela, o processo vai “passar o Brasil a limpo”, está previsto constitucionalmente e é um salutar à democracia.

“Uma democracia não tem como ser saudável se o abuso do poder econômico, esquemas de corrupção ou o desrespeito à lei passarem a ser o procedimento para se chegar ao poder”, afirmou Marina, durante coletiva de imprensa em Curitiba.

Novamente a candidata derrotada à Presidência da República nas eleições de 2014 comentou o crime de responsabilidade que a petista é acusada, entretanto criticou o presidente interino Michel Temer (PMDB) e voltou a defender novas eleições.

“Esse governo [de Temer] tem os mesmos problemas do governo anterior. O modus operandi inclusive é o mesmo, com troca de pedaços do Estado para ter maioria no Congresso, e com pessoas comprometidas na Lava Jato”, alegou ao culpar PT e PMDB pela atual crise econômica e política do país.

A política pediu, mais uma vez, que o Tribunal Superior Eleitoral (STF) julgue a ação contra a chapa de Dilma e Temer, que pode culminar na cassação da chapa. Tal julgamento deve ficar apenas para 2017.

msn

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com