Jandira em 2014 e 2016

JANDIRA FEGHALI “ESQUECE” O VERMELHO: PCDOB AGORA É ROXO

A candidata do Partido Comunista do Brasil à Prefeitura do Rio de Janeiro, deputada federal Jandira Feghali, mudou de cor. O tradicional vermelho dos partidos da esquerda brasileira, marcado pelo “vermelho PT”, foi esquecido pela campanha da deputada. Veja acima, nas fotos que comparam 2014 (à esquerda) a 2016 (à direita).

Em 2014, quando Jandira foi candidata à Câmara dos Deputados, as cores da identidade visual da campanha do PCdoB no Rio de Janeiro eram vermelho e amarelo, como tradicionalmente são candidaturas do PCdoB em todo o país, em todas as campanhas.

De acordo com a assessoria de Jandira Feghali na Câmara, a mudança do vermelho para o roxo foi “planejada há muito tempo”, mas ainda não deu detalhes do funcionamento da alteração visual, tampouco da estratégia de marketing da candidata comunista à prefeitura do Rio.

O diretório nacional do PCdoB diz que os candidatos são livres para escolher as cores que quiserem para suas campanhas, só não estão autorizados a alterarem a logomarca comunista da foice e do martelo. Mas o PCdoB não precisa se preocupar, Jandira Feghali nem chegou a utilizar a logo do partido em suas peças publicitárias.

Segundo o partido comunista, o roxo é usado com frequência por movimentos feministas, mas não explicou os motivos que levaram uma de suas principais lideranças nacionais a alterar toda identidade visual de sua campanha. Jandira aparece em quarto colocado na pesquisa de intenção eleitoral mais recente.

Campanha

Apesar de todos os esforços para sumir com a identidade visual do PCdoB e dos partidos da esquerda brasileira, pesquisa Datafolha divulgada na sexta-feira (26) colocou a candidata comunista apenas em quarto colocado, atrás até do filho do deputado federal Jair Bolsonaro, Flávio Bolsonaro. Ficou assim:

– Marcelo Crivella (PRB) – 28%

– Marcelo Freixo (PSOL) – 11%

– Flávio Bolsonaro (PSC) – 9%

– Jandira Feghali (PC do B) – 7%

– Pedro Paulo (PMDB) – 5%

– Índio da Costa (PSD) – 4%

– Carlos Osório (PSDB) – 3%

– Alessandro Molon (Rede) – 2%

– Cyro Garcia (PSTU) –

1%- Carmen Migueles (Novo) – 0%

– Branco/nulo: 20%

– Não sabe/não respondeu: 9%

diariodopoder

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com