tmp_16907-rio de janeiro by ricardo stuckert239228008

EUA tem mais de 1.000 espiões no Rio para proteger seus atletas

O relatório confidencial descreve uma operação que abrange todas as 17 agências de inteligência dos EUA. (Foto: Ricardo Stuckert)

A inteligência dos Estados Unidos escalou mais de 1.000 espiões norte-americanos para a segurança de seus atletas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A informação, divulgada nesta sexta-feira (5) pela rede NBC News, é de que o esquema faz parte de um esforço altamente qualificado para proteger não só os atletas, mas também funcionários das delegações.

Publicidade

Centenas de analistas e pessoal de operações especiais já estão no Rio de Janeiro, de acordo com o relatório confidencial sobre os esforços de inteligência dos EUA.

O relatório confidencial descreve uma operação que abrange todas as 17 agências de inteligência dos EUA, incluindo os das forças armadas, e envolve a inteligência humana, satélites espiões, espionagem eletrônica e cibernética, além monitoramento de mídia social.

Além deles, mais de uma dúzia de espiões altamente treinados, dos comandos da Marinha e do Corpo de Fuzileiros dos EUA, do Comando de Operações Especiais, estão no Brasil trabalhando com a Polícia Federal e Marinha do Brasil. Os militares dos EUA, como esperado, colocaram maiores unidades de plantão, caso seja necessária uma operação de resgate ou contraterrorismo.

Os espiões estão fazendo, também, monitoramento de contas de mídia social dos terroristas e oferecendo ajuda dos EUA em segurança de redes de computadores, segundo o relatório.

“As agências de inteligência estão trabalhando de perto com as autoridades de inteligência brasileiras para apoiar os seus esforços para identificar e interromper ameaças potenciais para os Jogos Olímpicos no Rio”, disse Richard Kolko, diretor nacional de Inteligência James Clapper, à rede NBC News.

A operação está sendo conduzida com a plena cooperação do governo brasileiro, segundo um oficial sênior da inteligência. “A parceria de inteligência EUA com o Brasil tem sido excelente desde o 9 de setembro”, disse, acrescentando: “Nós consideramos os brasileiros muito bem preparados e altamente profissionais”.

Diariodopoder

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com