DILMA FORA: SENADO APROVA IMPEACHMENT POR 61 A 20

Após uma sessão que teve início no último dia 25 e reaberta nesta quarta-feira (31), o Senado Federal decidiu por afastar definitivamente do cargo a ex-presidente Dilma Rousseff pelo placar de 61×20 votos. Foram quase nove meses de processo, entre trâmites burocráticos e diversas votações em comissões especiais e nos plenários das Casas do Congresso Nacional. Participaram da votação 81 senadores.

O processo do impeachment teve início oficialmente em dezembro de 2015, após a aceitação do pedido apresentado pelos juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Júnior e Janaína Paschoal.

A sessão do Senado, como prevê a Constituição, foi presidida pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que no início da sessão aceitou um pedido do PT para fatiar a ação contra Dilma em duas votações: uma para a perda do mandato e outra para a cassação dos direitos políticos, como prevê o Artigo 52 da Constituição.

A partir desta quarta-feira Michel Temer é o 41º presidente da República Federativa do Brasil.

.diariodopoder

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com