CHEFE DE GABINETE DE FELICIANO É PRESO EM SÃO PAULO

O chefe de gabinete do deputado Marco Feliciano (PSC-SP), Talma Bauer,  foi preso no tarde desta sexta-feira (5) pela Polícia Civil de São Paulo. Acusação é de ter mantido uma jornalista, Patrícia Lélis, em cárcere privado, e de tê-la obrigado a gravar vídeos desmentindo uma denúncia de assédio sexual e agressão do parlamentar.

Uma gravação entre a jornalista Patrícia Lélis e um assessor do parlamentar, supostamente seu chefe de gabinete Talma Bauer, podem tornar evidente o abuso sexual cometido pelo deputado.

Durante uma conversa de quase uma hora, a jornalista fala sobre o episódio com o parlamentar, com um homem que se identifica como Chefe de Gabinete do deputado e afirma estar no local para resolver, “um mal-entendido”.  O homem diz ser conselheiro do parlamentar e que Feliciano “é um jovem impetuoso”. E garante que vai resolver a situação: “posso pedir para você, nesse quesito, você põe uma pedra em cima disso. Agora, eu vou te assessorar e no partido vai ficar tudo bem”.

Após relatar as ações de Feliciano, a garota declara: “se vale um conselho, manda o Feliciano aquietar o pintinho dele”.

Quase no final da conversa, o indício de abuso, quando o Chefe de Gabinete pergunta quase num sussurro, “você teve relação com o Feliciano?”. Ela responde prontamente: “sim, mas não foi consensual”, configurando, portanto, um suposto estupro.

diariodopoder

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com