Assim como equipe masculina, ginástica feminina garante vaga na final

Com o fim da quarta subdivisão de competidoras da ginástica artística, as ginastas brasileiras garantiram uma vaga na grande final por equipes da competição. Participando da terceira subdivisão, Flávia Saraiva e Rebeca Andrade lideraram o time do Brasil na modalidade.

 

Após a quarta subdivisão, o Brasil ficou na quinta colocação, com 174.054 pontos. Com apenas mais três equipes para se apresentarem, a seleção brasileira pode cair apenas para a oitava colocação, que ainda dá vaga na grande final. Será a primeira vez na história que as duas equipes brasileiras de ginástica vão às finais das Olimpíadas.

Antes das favoritas estadunidenses competirem, Rebeca ficou parcialmente na liderança geral de pontuação, somando 58.732 em notas. A melhor parcial da brasileira foi nas barras assimétricas, quando, em uma espetacular apresentação, Andrade cravou nota de 14.933.

Xodó da equipe, a pequena Flávia Saraiva, de apenas 1m38, foi muito bem na prova de trave, cravou sua segunda melhor nota da carreira, 15.133, e chegou a liderar a classificação do aparelho, ultrapassada pelas estadunidenses Lauren Hernandez e Simone Biles, favorita ao título geral.

Na classificação geral, Biles já demonstrou que está acima das demais competidoras. Líder em três das quatro modalidades possíveis – salto sobre o cavalo, trave fixa e solo – a jovem se colocou na primeira colocação geral com quase dois mil pontos à frente de Alexandra Raisman. Gabrielle Douglas, ouro em Londres 2012, completa o pódio parcial da modalidade.

MSN

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com