BBuVRWt

Atletas australianas não podem andar em grupo, sem homens, no Rio

O Comitê Olímpico da Austrália colou na parede da Vila Olímpica, nos locais destinados à delegação do país, um cartilha com recomendações de segurança aos atletas.  Uma delas é que mulheres não façam andem em grupo sozinhas, sem a presença de homens. Também é proibido visitar favelas. Quando saírem, os atletas têm de avisar aos líderes de equipe para onde vão. Se forem assaltados, devem entregar tudo o que têm, sem reagir.

Outra recomendação, segundo o Extra, diz respeito à utilização de celular nas ruas: se forem usar, que fiquem atentos.  “Não me parece que 100 mil (homens de segurança) seja suficiente. É muito mais do que tivemos em Londres, mas o Rio não é Londres. Na minha opinião, nós devemos garantir que toda a competição e as arenas de treinamento sejam seguras. Se vamos levar 750 pessoas na equipe, queremos que 750 pessoas voltem sãs e salvas”, enfatizou a chefe de missão da Austrália, Kitty Chiller.

Em junho, uma atleta paralímpica australiana foi assaltada à mão armada enquanto andava de bicicleta pelo Aterro do Flamengo.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com