201606091612_86674d61d0 (1)

Após ser preso na Venezuela, suspeito de homicídio é transferido para AL

A equipe da Polícia Civil da Delegacia de Penedo viajou nesta terça-feira (26) para o estado de Roraima com o objetivo de trazer para Alagoas Genilson Ferreira Silva, de 39 anos, suspeito de ter executado a operadora de caixa Claudinete Catum no dia 23 de fevereiro deste ano, dentro de um supermercado da cidade. No mês de junho, Genilson Ferreira foi preso por equipes da Polícia Federal na Venezuela.

De acordo com o delegado regional de Penedo, Guilherme Iustem, o suspeito se encontra em um presídio localizado na cidade de Boa Vista, local para onde foi deportado logo após ser preso pelas equipes da Polícia Federal. “Ele será levado para Alagoas e ficará à disposição da Justiça para responder pelo crime. Ainda estamos em Roraima e estaremos de volta ao estado nesta quarta”, explicou.

Após o crime, as investigações da Polícia Civil mostraram que Genilson fugiu em um ônibus para o estado de São Paulo e, apesar de as equipes manterem contato com a polícia paulista que tentou efetuar a prisão, não obtiveram êxito naquele momento. Em seguida, as diligências conseguiram localizá-lo fora do país.

Claudinete Catum foi morta a tiros enquanto trabalhava. Imagens do circuito interno do estabelecimento comercial mostram que o suspeito desceu de uma motocicleta e se dirigiu até a vítima, efetuando vários disparos de arma de fogo. Naquela oportunidade, o suspeito deixou o local sem ser identificado.

gazetaweb.globo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com